Lucy Hale concedeu uma entrevista ao site POPSUGAR durante o evento Propel CO:Labs no último fim de semana onde contou um pouco mais sobre sua rotina de exercícios e qual deles ela detesta fazer. Confira traduzido abaixo:

Até quando Lucy Hale está trabalhando num projeto ela consegue reservar um tempo para se exercitar. Por que? Porque a mantem centrada. “Quando incorporei exercícios na minha vida sempre me leva a bons lugares,” a atriz contou a POPSUGAR antes da Propel Co: Labs Fitness Festival, onde ela comandou uma aula com o treinador Luke Milton. Quando Lucy não está viajando ou filmando ela gosta de se exercitar diariamente e ela mantém a frequência misturando.

“Eu tento fazer 3 ou 4 dias de treino de força, 2 dias de cardio e um dia de alongamento, então pilates ou yoga,” Lucy conta, descrevendo sua semana típica. Ela admite que nem sempre isso acontece como planejado “mas isso é apenas meu mundo perfeito.” Ela gosta de nadar, caminhar e indoor cycling também. Lucy é o tipo de pessoa que precisa ir em uma aula ou na academia para ficar motivada mas ela descobriu maneiras de se exercitar em quartos de hotel se for necessário. A chave é seguir treinadores no Instagram para inspiração (Alexia Clark, por exemplo).

Agora o tipo favorito de exercício da Lucy é um treinamento de alta intensidade. A estrela da nova série da CW Katy Keene contou que ela é melhor em SoulCycle porque ela sente que suas pernas são mais fortes que seu tronco. E se existe algo que ela não é fã, são certos movimentos de força que ela faz com seu treinador como agachamentos divididos. Mas quando ela “odeia” fazer um exercício – o agachamento dividido é difícil – ela sabe que precisa fazer mais.

Se exercitar faz com que Lucy se sinta equilibrada, mas ela também mencionou a importância de tirar um tempo para recarregar. Ela postou no Instagram sobre o conceito de pausar para colocar as coisas em perspectiva após uma viagem de 3 dias para Yosemite, que ela diz que foi “maravilhosa” porque ficou longe de barulhos e do caos. A melhor parte? Sem serviço de telefone. Ela falou que as pessoas, principalmente da nossa geração, são motivadas por trabalhos, sonhos e metas. Trabalhar para alcançar o que você quer na vida e sempre estar ativo “até você não conseguir mais”.

Lucy continuou, “Eu acho que é muito importante recarregar, assim você fica melhor para trabalhar, para estar lá por seus amigos e relacionamentos, você pode ser ótimo em tudo por mais tempo.” Ela falou que boa parte da sua identidade se resume no que ela faz (algumas vezes ela fica “viciada” em trabalho). Escrever, meditação ou fazer viagens para lugares calmos e bonitos é necessário para ela e para todos. “É importante perceber que você ainda é importante quando está nessas pausas e quando você está cuidando de si mesmo.” Nunca ouvimos algo tão verdadeiro.

Fonte: POPSUGAR